Notícias

Novidades na área da comunicação e tecnologia

Ministra diz que escola móvel vai contribuir na promoção da tecnologia

30/05/2013

Tecnologia de ensino, Luanda – A ministra da Ciência e Tecnologia, Maria Cândida Teixeira, considerou hoje, em Luanda, (...)
Tecnologia de ensino, Luanda – A da Ciência e Tecnologia, Maria Cândida Teixeira, considerou hoje, em Luanda, que a implementação de Escolas Móveis Solares vai contribuir na promoção da ciência, tecnologia e inovação nacional, por apresentar novas soluções tendentes a resolver alguns problemas do país. Ao intervir no acto de inauguração da Escola Móvel Solar, disse tratar-se de um laboratório informatizado móvel que vai contribuir para a instrução e aprendizagem e na melhoria da qualidade de vida, na erradicação da pobreza e promoção do desenvolvimento sustentável, bem como impulsionará sectores estratégicos como educação, saúde e os demais. “Este laboratório vai às comunidades isoladas de Angola e por ser alimentado por energia fotovoltaica (solar), leva a tecnologia de informação e comunicação (TIC) às áreas mais recônditas do país, mormente, às escolas públicas, com a instalação de laboratórios de informática e acesso à internet”, disse. O presente projecto, acrescentou, é uma parceria público-privada entre o MINCT, a empresa Samsung e a operadora de telefonia móvel Unitel, que se juntam aos esforços do Executivo com as suas experiências tecnológicas, colocando-as ao serviço da população angolana. Segundo a ministra, o programa de escolas com internet da Samsung oferece uma aprendizagem repleta de tecnologia e um bom ambiente de a turmas do secundário em cinco países de África, como programa piloto na África do Sul, Quénia, Nigéria, Senegal e Sudão. Com estes centros espalhados pelo continente africano, disse pretender-se chegar a 2,5 milhões de alunos até 2015, num programa que centra na implementação da infra-estrutura TIC composta por quadros electrónicos bancos interactivos (E-board) da Samsung, impressoras multifunções e computadores portáteis. Esta plataforma, segundo a responsável, abarca ainda a componente de desenvolvimento profissional de formadores e gestão de conteúdos, administração de conteúdos de escolas, partilha de melhores práticas de integração de instituições de ciências e tecnologia (ICT). Presenciaram o acto o ministro do Ensino Superior, Adão do Nascimento e os secretários de Estado da Ciência e Tecnologia, para Formação e Ensino Técnico Profissional, João Teta, Narciso Benedito , respectivamente, bem como técnicos do MINCT, da Samsung e da Unitel.
tecnologialuandaministraensinomóvel

Necessita de um software para automatização da gestão de redes sociais?

Recomendamos SocialPilot