Precisa que o seu website fique mais rápido?

11. 7. 2020
Precisa que o seu website fique mais rápido?
Se está convicto de que possui realmente um problema sério na performance do seu website, estamos disponíveis para analisar o seu caso e trabalharmos juntos.

Durante 2020 temos recebido um avultado número de pedidos para optimizar a velocidade de websites e comércios eletrónicos.

A principal argumento é que o respetivo website apresenta uma taxa muito baixa no Google Speed Insights e/ou no GTMetrix.

Temos sempre, dentro das nossas capacidades, dado o nosso parecer. Contudo, queremos deixar também um parecer geral público para ajudar e acelerar o entendimento de quem nos procura.

A razão porque chegam a nós é normalmente uma das seguintes:

  • Por estarmos muito optimizados em SEO, encontram-nos facilmente nas pesquisas mas não possuem qualquer opinião formada sobre o nosso trabalho;
  • Ou então porque descobrem que temos alguns trabalho (incluindo o nosso próprio website) com taxas de performance muito altas.

1. Contexto
Um website pode ter uma taxa baixa porque possui uma densidade de conteúdos muito alta. Principalmente conteúdos multimedia. Pouco há a fazer em relação a este ponto a nível de otimização. Pode sim haver a nível de infraestrutura (ex: contratar uma CDN).
Isto não é necessariamente muito mau. A não ser que todo o website possua uma taxa lenta. Mas é normal, alguns websites possuírem algumas páginas com mais densidade, e não faz sentido alterar toda uma infraestrutura só por causa dessas páginas (a não ser que haja um problema mais sério).
Por isso, devemos olhar para o nosso website dentro de um contexto.

2. Homepage
Muitas vezes a homepage de um website é a que demora mais a carregar e possui as taxas mais baixas. Isto porque em muitos casos a homepage é a página que requer mais recursos para determinados dinamismos. E o problema é que muitas vezes, as pessoas fazem apenas o teste à homepage, e esquecem-se que o website possui muitas outras páginas

3. SaaS
Quando se utilizam sistemas SaaS como WIX ou Shopify, onde não se pode ter acessos ao backend, as possibilidades de otimização são muito menores. Normalmente estes sistemas tem a sua política de performance e se hoje não cumprem tudo para terem um taxa de performance alta, é possível que amanhã já o cumpram, dado que são sistemas transversais a todos os clientes e vão evoluindo ao longo do tempo sem que os clientes tenham de fazer qualquer atualização de software

4. Servidores Partilhados
A maior parte dos pedidos que vamos tendo são curiosos: websites que possuem uma taxa acima de 65% mas que na realidade abrem acima dos 5 segundos em média. Isto é normalmente causado por servidores lentos (normalmente servidores partilhados). Isto só mostra que é preciso colocar sempre em contexto os resultados dos software de testes. Um website pode ter tudo muito bem optimizado, mas ser servido de uma infraestrutura muito lenta. A solução é sempre passar para uma nova infraestrutura, de preferência Cloud.

5. Videos
Um vídeo pode estragar completamente as taxas mostradas pelos softwares de testes. Mas se o vídeo acrescentar muito ao seu negócio, simplesmente ignore a situação.

6. Javascript externos
Muitos websites utilizam recursos de terceiros para oferecerem funcionalidades aos seus websites. Estes recursos podem não estar devidamente optimizados e vão falhar nos testes. Pouco há a fazer numa perspetiva legítima. Obviamente que sempre se podem descarregar esses scripts e servi-los localmente, mas em muitos casos estamos a cometer uma ilegalidade. É preciso ponderação e não incorrermos em riscos desnecessários apenas para conseguirmos mas 3% de taxa de performance.

7. Concorrência
Há, por fim, que colocar tudo em perspetiva. Se o seu website ou loja online, com todas as suas especificidades, só consegue ter uma taxa de 60% de performance, taxa essa que o deixa nervoso e insatisfeito, deve, antes de realmente começar a sofrer, fazer uma comparação com outros websites da concorrência que procurem a mesma audiência que o seu website.
Isto é muito importante para se evitar o radicalismo dos números. Em determinadas situações, é possível aumentar a taxa de performance em 15% sem que o website fique mais rápido realmente. E a otimização feita para aumentar esses 15% implicou alterações profundas e custosas que vão acabar por não trazer qualquer benefício direto.
Temos muitos casos de pedidos em que as pessoas querem atingir 90% no GTMetrix com websites muito complexos que, para se atingir essa marca, seriam necessárias profundas alterações que provavelmente custariam mais que o próprio website em si. E muitas vezes, temos de confrontar as pessoas com este argumento: e a sua concorrência como está? Depois de medirmos a concorrência, descobre-se que para o mesmo setor o website está realidade acima da média.
É muito importante este estudo para se evitar gastar dinheiro desnecessariamente.

Esta é uma área que a BYDAS possui larga experiência, mas é também um tipo de serviço onde, mais que em qualquer outro, tentamos ser frontais com o que pensamos. E em muitos casos que nos chegam, a melhor otimização possível é fazer uma mgiração para Cloud ou usar um serviço de DNS como a Cloudflare.
Obviamente que também nos vão chegando casos complicados, principalmente por deficiências de desenvolvimento, aos quais temos prestado o nosso melhor cuidado.

Se está convicto de que possui realmente um problema sério na performance do seu website, estamos disponíveis para analisar o seu caso e trabalharmos juntos.


parawebsitemuitonãomais

Construa a sua loja online profissional com o parceiro português da Shopify

Venha conhecer as vantagens!